Sábado, 23 de Junho de 2007

PAISAGEM

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

 

PAISAGEM

 

Uma vez, um rapaz tentou imaginar

Estar sentado num manto de irradiante vegetação

Perto do extremo de um penhasco

Tendo apenas em sua frente montes, vales, floresta

e uma infinidade de contrastes de coloração

 

O mar, ainda que lá ao fundo, vê-se bem

Em si, pequenas e suaves ondulações

Como que dançando ao compasso de uma pacífica melodia

Causando no rapaz as mais inexplicáveis emoções

 

Regalados, os seus olhos, ao assistir ao pôr-do-sol

Completamente deslumbrado com a luz de tal estrela imortal

Que a tais horas, revela uma faceta única e singular

A si brindando com uma magnífica palete de cores, que pela

                 imensurável beleza da paisagem é reflectida de forma divinal

 

Perante este cenário arrebatador

Pintado ao gosto da fantasia

O rapaz continuava sentado, e tão só, absorvido

Pela magnitude da imagem que perante si se “despia”

 

Não englobado no Tempo

Isento de toda a responsabilidade

Sem qualquer preocupação

O rapaz vivia pura e não adulterada passividade

 

Os últimos raios de luz são contemplados

E uma tristeza, de si, se parece apoderar

Mas logo desvanece

Porque aí vem a lua e estrelas para o confortar

 

Noite não quente, mas não fria

Uma noite perfeita e ideal.

E deitado está o rapaz

Encantado com o mar de um céu quase real

 

Mas, mal se apercebeu

Que afinal tinha alguém a seu lado

Feliz e radiante se sentiu

Por tudo “isto”, consigo ter partilhado

 

Ao desejar o desejo de fantasia

Descobri um rapaz que afinal era eu

E contigo a meu lado

A infinidade de tais belezas a nós para sempre pertenceu.

 

                                                                                   19.Abr.99

                                                                                   MárcioCosta

Publicado por Lay Teixeira Lay às 02:18
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 22 de Junho de 2007

Desejaria

   D

     e

     s

     e

     j

     a

     r

     i

     a

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

**

 

 

 

 

Eu desejaria ser amado

Eu desejaria sentir “o amar”

Para não me sentir tão apagado

Para me sentir tão extenso como o mar

 

Eu desejaria poder dar mais carinho aos meus pais

Eu desejaria poder fazê-lo

Mas com os anos eu cresci

E ao Tempo, ninguém conseguiu detê-lo

 

Eu desejaria ter  auto motivação constante

Eu desejaria controlá-la

Para ser melhor estudante

Para que para sempre pudesse aproveitá-la

 

Eu desejaria trocar um longo olhar com uma especial desconhecida

Eu desejaria que fosse simples e directo, momentâneo, mas infinito

Mas será isso possível para mim?

 

Mesmo assim, eu desejaria ser como sou

Desejaria ter todos os meus defeitos

Porque é um grande desafio

Corrigir todos os meus “imperfeitos”

 

Eu desejaria sair da janela e voar

Eu desejaria sentir-me livre do meu “pesar”

“Pesar” de responsabilidade e de “ser”

“Pesar” de me concretizar, que está para mim,

como o céu está para o mar

 

Eu desejaria contemplar a minha amada enquanto dorme

Eu desejaria estar sentado ao seu lado e acariciar a sua face

Poder dizer para dentro o que por ti sinto,

e poderes ouvi-lo num teu sonho

Sem que qualquer minuto no tempo passe

 

Eu desejaria poder desejar o conhecimento infinito

Desejaria poder ser assim abençoado

Mas como sou apenas humano

Continuarei a desejar, a questionar, a reflectir, … , pecar

e esperar que até ao meu último dia por Ti seja guiado.

 

                                                                  11.Fev.98

                                                                 MárcioCosta

 

 

 

 

 

 

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

TAGS:
Publicado por Lay Teixeira Lay às 03:34
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 14 de Junho de 2007

DEIXEM-ME PARTIR

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Sinto-me: Murchinha
Música: Black Lodge - Anthrax
Publicado por Lay Teixeira Lay às 22:56
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 5 de Junho de 2007

Amigo de Verdade

 

Esta semana o " Kanto do Márcio" é destaque no site http://www.magiagifs.com.br

Muito obrigado á Libia e seus colaboradores pela gentileza.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

          Amigo

              de

        Verdade….

 

Amigos muitos temos

E apenas com estes conseguimos tudo falar

Mas de todos aqueles que pensamos ter

Apenas com alguns podemos contar

 

Com muitos desabafamos

E com estes pensamos ter uma boa amizade

Neles confiamos, e com eles contamos

Mas poucos são amigos de verdade

 

Poucos verdadeiros amigos temos

E aos verdadeiros não damos o valor devido

E na realidade, a esses verdadeiros

Não somos capazes de retribuir o valor

Por eles merecido

 

Tudo se resume a muitos amigos ter

Mas com poucos se poder contar

Apenas com um ou dois que em qualquer

ocasião, são capazes de tudo por nós dar

 

Para mim tu és um verdadeiro amigo

E sei que contigo sempre poderei contar

És um amigo muito Especial

És um amigo Espectacular

 

Eu também me sinto um bom amigo

E quero que saibas que comigo sempre poderás contar

Nos bons momentos para juntos “ curtirmos “

E nos maus a teu lado para te poder animar

 

Espero que tudo te corra bem na vida

E que sempre eu possa ter o privilégio

De ser teu amigo, são os votos sinceros

 

                                 Do teu amigo Uva

                                 20 Nov.98

Publicado por Lay Teixeira Lay às 23:22
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket


.Pesquisar neste blog

 

.ARQUIVOS

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Julho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.ARQUIVOS

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Julho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.TAGS

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds